Mesmo os sonhos que parecem mais impossíveis podem ser motores de realização em nossas vidas. Rejane Faria, que iniciou nas artes cênicas aos 32 anos, chega aos 61 como uma das protagonistas de um filme brasileiro que (a gente tá na torcida!) pode chegar ao tapete vermelho do Oscar. Será que algum dia ela sonhou com isso? Em “Marte Um”, seu filho Deivinho sonha em ser astrofísico. O menino é também um ótimo jogador de futebol, e o sonho de seu pai é vê-lo no time do coração. Mas Deivinho é fanático pelo cientista Neil deGrasse Tyson, e busca na internet meios para se aproximar de seu próprio sonho: partir na primeira missão colonizadora de Marte. Às vezes, se permitir sonhar já é muito. Mas quando o sonho precisa virar ação? Sonho “vence”, tem limite ou idade? Sonhar com o Oscar é igual a sonhar com Marte? Existem sonhos que são mais desafiadores para algumas pessoas, por questões de raça, gênero, classe social? Quando os sonhos quebram estereótipos? Já realizou algum sonho que achava impossível? Para transformar o sonho em realidade, qual o primeiro passo nessa ação? Qual o sonho mais incrível e ambicioso de cada Saia e de Rejane?

#saiajustanognt #saiajusta

Inscreva-se no canal GNT: http://bit.ly/canalGNT
Assista aos programas na íntegra no Globoplay + Canais: http://bit.ly/GloboplayCanaisGNT
Site: https://gnt.globo.com/
Facebook: https://www.facebook.com/gnt
Instagram: https://instagram.com/gnt/
Twitter: https://twitter.com/canalgnt
Pinterest: https://www.pinterest.com/canalgnt

Gastronomia GNT:
Youtube: https://www.youtube.com/nhacgnt
Facebook: https://www.facebook.com/nhacgnt
Instagram: https://instagram.com/nhacgnt
Pinterest: https://www.pinterest.com/nhacgnt

Casa GNT:
Youtube: https://www.youtube.com/casagnt
Instagram: https://instagram.com/casagnt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.